12 grandes filósofos da história

Coisa que muita gente não sabe, é que a filosofia é muito importante para nós. Vem nos ajudando a descobrir os mistérios e histórias da nossa existência, sem deixar de lado a causa e a razão principal de tudo que nos rodeia. Confira então os 12 grandes filósofos da história, desde dos mais famosos aos desconhecidos.

12. Charles-Louis de Secondat

Charles-Louis de Secondat
sonria

Conhecido também como Montesquieu, nasceu a 18 de janeiro de 1689 em Bordéus, na França. Tendo falecido a 10 de fevereiro de 1755, ele foi político, filósofo e um escritor. Ganhou sua notoriedade graças as suas teorias de separação de poderes, que hoje em dia é conhecida em muitas das modernas constituições internacionais.

Tendo nascido numa família nobre Montesquieu, precocemente teve uma educação iluminista com padres oratorianos. Foi um crítico da monarquia absolutista, bem como do clero católico. Escreveu vários livros, em que vários deles foram de extrema importância e influência.

11. Immanuel Kant

Immanuel Kant
teoria do conhecimento-blogspot

Kant nasceu a 22 de abril de 1724 na Prússia, sendo filho de pais artesãos, ele foi durante muito tempo professor secundário de geografia. Só venho a ter contato com a filosofia, física e matemática na Universidade de Konigsberf.

Em 1755, então começou a dar aulas de ciências naturais e em 1770 foi escolhido para ser professor catedrático da Universidade de Konigsberf. Depois disso passou a dedicar se aos estudos filosóficos, tendo realizado diversos trabalhos sobre ciências naturais e exatas.

É considerado como o principal filósofo da era moderna, por sua elaboração do denominado idealismo transcendental.

10. Sun Tzu

Sun Tzu
worldhistory

Sendo mais conhecido pela obra a “A Arte da Guerra”, Sun Tzu foi um general, estrategista e filósofo chinês, que viveu entre 544 a.C. a 495 a.C. Sua existência é questionada por muitos historiadores e o seu nome de nascença seria Sun Wu. Sun seria seu sobrenome, e Tzu é um título que significa “Mestre”.

Ele foi um general do rei Hu Lu e historiadores mais recentes reconhecem sua existência. A Arte da Guerra teria sido escrito no período dos Reinos Combatentes. No decorrer do século XIX e XX, este livro, ganhou grande renome sendo adaptado na prática pelo mundo ocidental.

9. John Locke

John Locke
Elcoyote

Este filósofo inglês é tido como o pai do liberalismo, o principal representante do empirismo britânico e um dos indispensáveis teóricos do contrato social. É reconhecido como o criador do empirismo, além de ser o defensor da liberdade e da tolerância religiosa.

No campo da filosofia defendeu a teoria da tábua rasa, em que ele defende que a mente de um ser humano é como uma folha em branco, que só a experiência podia preencher. Teoria esta que é uma forte crítica as ideias Platônicas.

8. Epicuro

Epicuro
jornal-estadão

Epicuro foi um filósofo grego, que foi o fundador da escola de filosofia denominado de epicurismo. Das suas 300 obras escritas alguns fragmentos existem hoje e muito do que se sabe sobre a filosofia epicurista é o resultado dos seus seguidores e comentaristas posteriores.

Para este filósofo, o propósito da filosofia era conseguir uma vida feliz e tranquila. Teoria esta que caracteriza-se pela ataraxia – paz e liberdade do medo e aponia – a ausência de dor – e viver uma vida autossuficiente cercada de amigos.

7. Zenão de Cítio

Zenão de Cítio
zenogroup

Zenão, também um filósofo grego que nasceu na ilha de Chipre, mas foi professor em Atenas, onde fundou a escola filosófica estoica por volta de 300 a.C. baseando nas ideias dos cínicos, ele realçava a paz do espirito, alcançada através de uma vida plena de virtude, segundo as leis da natureza.

Filosofia esta que floresceu como predominante no mundo greco-romano até a chegada do cristianismo. A doutrina de Zenão afirma que o ser humano só atinge a perfeição e a felicidade quando abandona todas as paixões terrenas.

6. Confúcio

Confúcio
Estaremsi

Também chinês Confúcio foi um pensador e filósofo do período das Primaveras e Outonos. A teoria filosófica deste pensador enfatizava uma moralidade pessoal e governamental, os métodos adequados nas relações sociais, a justiça e a sinceridade.

Princípios estes que ganharam força na China em relação as outras doutrinas, como o legalismo e o taoismo, durante a Dinastia Han. Teoria esta que foi trabalhada em um sistema filosófico conhecido por confucionismo. Os valores de Confúcio tinham como base as tradições e crenças chinesas comuns.

5. Avicena

avicena
byricardomarcenaroi-blopsot

Conhecido pelo seu nome latinizado Avicena, foi um polímata persa que escreveu vários tratados sobre os mais variados assuntos. De suas obras 240 permanecem nos nossos dias atuais, onde 150 destes tratados se concentram em filosofia e 40 na área da medicina.

Dentre suas obras mais famosas são o “Livro da Cura”, uma vasta enciclopédia filosófica e científica, e o “Cânone da Medicina”, este que era o texto padrão em muitas universidades medievais. Ele é tido como o mais famoso e influente polímata da era de ouro Islâmica.

4. Tomás de Aquino

Tomás de Aquino
tuporém

O italiano Tomás de Aquino foi um frade católico cujas suas obras tiveram enorme influência na teologia e na filosofia.Tomás foi o mais importante proponente clássico da teologia natural e o pai do tomismo.

Teve grande influência no pensamento ocidental e grande parte da filosofia moderna foi concebida a partir do desenvolvimento ou oposição de suas ideias. Em foco a ética, a lei natural, a metafisica e a teoria política. Indo em contrariedade com as correntes da igreja na época, ele aderiu as ideias de Aristóteles.

3. René Descartes

rené-descartes
wikipedia 

Durante sua vida René Descartes foi filósofo, físico e matemático. Nasceu em França a 31 de março de 1596 e faleceu em Estocolmo, na Suécia a 11 de fevereiro de 1650. Ganhou notoriedade por seu trabalho revolucionário na filosofia e na ciência, mas também conseguiu se notabilizar como matemático por sugerir a fusão da álgebra com a geometria.

É tido por muitos como o fundador da filosofia moderna e o pai da matemática moderna. René é considerado como um dos pensadores mais importantes e influentes da história do pensamento ocidental. Tendo inspirado vários contemporâneos e diversas gerações de filósofos posteriores.

2. Platão

Platão
bempepe

Filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, Platão foi autor de vários diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas. Que foi na época a primeira instituição de educação superior do mundo ocidental.

Em conjunto com seu mentor, Sócrates, e seu pupilo, Aristóteles, ele ajudou a construir os alicerces da filosofia natural, da ciência e da filosofia ocidental. Foi um racionalista, realista, idealista e dualista.

1. Aristóteles

 Aristóteles
amentemaravilhosa

Além de ser aluno de Platão e professor de Alexandre o Grande, Aristóteles foi um filósofo grego, em que seus escritos abrangem vários assuntos como: a física, a metafisica, as leis da poesia e do drama, a música, a lógica, a retórica, o governo, a ética, a biologia, e a zoologia.

Todos estes aspetos da filosofia de Aristóteles continuam sendo objetos de estudos acadêmicos. Apesar de ter escrito muitos tratados e diálogos, apenas cerca de um terço de sua produção original sobreviveu. Ele é visto como um dos fundadores da filosofia ocidental.

 

COMPARTILHAR