15 principais obras de Pablo Picasso

Pablo Ruiz Picasso foi um pintor espanhol, escultor, ceramista, cenógrafo, poeta e dramaturgo. Tendo vivido a maior parte de sua vida na França, ele é conhecido como o co-fundador do cubismo, junto com George Braque (pintor francês). Picasso é possivelmente uma das figuras mais importantes do século XX, no que toca a arte e movimentos artísticos que ocorreram ao longo deste período. Conheça então as 15 principais pinturas de Pablo Picasso.

15. Nu Azul

Nu Azul -picasso
Pinterest

Esta pintura é uma das obras primas do pintor espanhol nos seus primeiros anos. Produzido em 1902, depois que um amigo próximo morreu tragicamente. Lamentou por muito tempo a morte do amigo e quando pintou a tela estava em depressão.

Fazendo o uso da maravilhosa mistura de superfícies, Picasso tornou ela então uma das suas obras mais populares. Mesmo estando sobre depressão ele foi capaz de criar uma peça que ainda é aclamada por muitos aficionados da arte.

14. La Vie

La Vie-picasso
Pablo Picasso

Entre muitas obras que já foram criadas ao longo de centenas de anos. São pouco, os que tem o poder de hipnotizar, confundir e desafiar psicologicamente o observador, como esta tela. Criada em 1903, do período azul de Picasso, La Vie é uma dessas raridades.

O artista espanhol nunca pretendeu que o mundo tivesse uma compreensão clara deste quadro. Hoje em dia esta obra pode ser vista no Museu de Arte de Cleveland, nos Estados Unidos.

13. O Velho Guitarrista

O Velho Guitarrista-picasso

Criada em 1902, em Madrid, na Espanha, com estilo distorcido é uma reminiscência das obras de El Greco (pintor espanhol). Este homem que está curvado e cego tem perto dele uma grande guitarra redonda.

O seu corpo marrom representa a única mudança de cor da pintura, tanto física como simbolicamente. O instrumento preenche o espaço em torno da figura solitária, que parece alheio à sua cegueira e pobreza enquanto brinca.

12. Saltimbanques (A Família dos Saltimbanques)

Saltimbanques (A Família dos Saltimbanques)
Wikipedia

Vista geralmente como a composição dominante do período rosa de Picasso, é a maior pintura que o artista já trabalhou. O pano fundo da tela era originalmente um autódromo até Picasso criar a paisagem estéril. Esta que é uma reminiscência de sua terra natal na Andaluzia, no sul de Espanha.

As cores do afresco criam a atmosfera assustadora dessa paisagem deserta, uma cena pastoral e esvaziada da vida.

11. Les Demoiselles d’Avignon

Les Demoiselles d'Avignon
Pablo Picasso

Pintada em 1907, esta é o exemplo mais famoso da pintura do cubismo. Nesta obra o pintor deixou de lado todas as formas e representações da arte tradicional. Ele usou então a distorção do corpo feminino e das formas geométricas de forma inovadora.

Esta tela então desafia a expetativa de que as pinturas ofereçam representações idealizadas da beleza feminina. Demonstra também a influência da arte africana em Picasso.

10. Ma Jolie

Ma Jolie-picasso
Pablo Picasso

Nesta pintura, o artista sugere a associação musical, situando um clave de sol e uma equipe de música perto das letras em negrito e estampas. Ma Jolie também era o apelido da amante de Picasso, Marcelle Humbert.

Longe de ser um retrato tradicional da amada do pintor, mas há pistas para seu conteúdo representacional. Mas ele construiu frouxamente usando os planos inconfundíveis do cubismo analítico.

9. Três Músicos

Três Músicos
Pablo Picasso

Fazendo parte então de uma série pintada enquanto estava com sua jovem família no Fontainebleau, Paris, França, esta obra é de 1921. Marca um retorno ao elevado cubismo sintético. Picasso pintou três músicos feitos de formas abstratas planas, cores vivas, em uma sala rasa de caixa.

Á esquerda há um clarinetista, no meio um guitarrista, e à direita um cantor segurando folhas de música. Esta celebre obra pode ser vista no Museu de Arte Moderna de Nova York.

8. Mulher no Espelho

Mulher no Espelho-picasso
Pablo Picasso

Criada em 1932, no estilo que Picasso estava usando na época, o trabalho é considerado em termos eróticos na arte do artista. Os críticos em diferentes períodos oferecem suas avaliações, mostrando assim uma vasta gama de reações.

A tela foi pintada durante o período do cubismo do pintor, ele foi um artista muito ousado em sua obra de arte. Também fez parte de um movimento que se tornaria conhecido como o Modernismo.

7. O sonho (Le Rêve)

O sonho (Le Rêve)-picasso
Pablo Picasso

Produzida a óleo em 1932, na época com 50 anos, Picasso, representou sua amante de 24 anos, Marie-Thérèse Walter. Pertence ao período de representações distorcidas de Picasso, com contornos simplificados e cores contrastantes parecidas com o antigo fauvismo.

O conteúdo erótico da pintura foi notado repetidamente, com os críticos apontando que o artista tinha pintado um pênis ereto. Que presumivelmente simbolizava o seu próprio, na face virada para cima de seu modelo.

6. Adormecido 

 Adormecido-picasso-obra
Pablo Picasso

Mais uma representação da amante de Picasso, Marie-Thérèse, tal como a outra pintura foi criada em 1932. Esta estava descansando entre os dois poderosos blocos coloridos de vermelho e verde, que acentuam sua tranquilidade.

Se prestares atenção nas mãos de Marie. Suas feições parecidas com garras dão a ela um “primitivismo animalesco”, que é a crença na simplicidade e na falta de sofisticação na vida.

5. Nu, Folhas Verde e Busto

 Nu, Folhas Verde e Busto
Pablo Picasso

Sendo o mais intenso entre o grupo de grandes nus, do artista espanhol. Esta obra é o contraposto da cabeça real com uma cabeça esculpida e as dobras do corpo de Marie-Thérèse com as formas luxuriantes de planta.

O cenário inclui uma cortina secreta na qual o busto escultural lança uma dupla sombra, como se o branco do nu em primeiro plano estivesse literalmente iluminando o espaço.

4. A mulher Que Chora

A mulher Que Chora-picasso
Pablo Picasso

Concentrando – se então na imagem de uma mulher chorando, Picasso não estava mais pintando diretamente os sofrimentos da Guerra Civil Espanhola. Mas sim referindo-se a uma imagem universal singular do sofrimento. A mulher chorando veio em 1937, no final da série de pinturas, gravuras e desenhos que o artista fez em protesto.

3. Guernica

Guernica-picasso
Pablo Picasso

Provavelmente a obra mais famosa do artista, o quadro é certamente sua declaração política mais poderosa. Pintada como uma reação imediata á devastadora prática de bombardeio casual nazista na cidade basca de Guernica durante a Guerra Civil Espanhola.

A tela mostra as tragédias da guerra e o sofrimento que inflige aos indivíduos, particularmente civis inocentes. Trabalho este que ganhou um status monumental, tornando assim um lembrete perpétuo das tragédias da guerra.

2. Mulher Sentada

 Mulher Sentada-picasso
Pablo Picasso

A influência do amor de Marie-Thérèse e sua juventude recarregou o pintor e fez dele uma lenda viva. Esta pintura possui fortes faixas de cores brilhantes organizadas de modo que o vestido aparece como uma fantasia. Picasso então retorna novamente a sua técnica de polarização vermelha e verde para adicionar uma nova dimensão de animação.

1. Dora Maar au Chat

Dora Maar au Chat-picasso
Pablo Picasso

Esta é uma das representações mais valorizadas de Picasso de sua amante e companheira artística. A parceria deles tinha sido de troca intelectual e intensa paixão. Os planos facetados de seu corpo e a superfície ricamente em camadas de pinceladas transmitem uma qualidade monumental e escultural a este retrato.

Em maio de 2006 esta obra foi vendida em um leilão de obras em Nova York, por cerca de 95 milhões de dólares.

COMPARTILHAR