23 Lendas e personagens do folclore brasileiro

As lendas são nada mais, nada menos do que um conjunto de estórias e narrativas contadas pela população. Elas são transmitidas de geração em geração através da tradição oral. Fazem parte também de um elemento muito importante da cultura brasileira. Fique então com as 23 lendas, personagens e mitos do folclore brasileiro.

23. Saci-pererê

Saci-pererêConhecido também como saci, esta figura do folclore brasileiro, é um rapaz de pele negra que possui uma carapuça vermelha. Fumando um cachimbo, ele possui apenas uma perna.

Com sua origem no sul do Brasil, nas tribos indígenas, essa lenda já vem sido contada desde fins dos tempos coloniais. Sua história é contada por todo Brasil e por isso sofre modificações de acordo com o local.

22. CurupiraCurupira

Com cabelos ruivos e uma estatura pequena semelhante a um anão, esta figura é conhecida como sendo o protetor das florestas. Sendo a floresto o seu lar, é fortemente conhecido por possuir os pés virados para trás.

 

Sobre sua origem há diversas controvérsias. Era fortemente temido por índios e bandeirantes, considerando-o uma criatura perigosa, demoníaca e maliciosa. Ele Já foi também associado a vários casos de violência.

21. Mula sem cabeça

Curupira

Esta é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. Como próprio nome já diz, trata-se nada mais, nada menos do que uma burrinha de cor preta ou marrom, que possui no lugar de uma cabeça uma tocha de fogo.

Teve sua origem na Península Ibérica, e teria sido trazida então para América pelos espanhóis e portugueses. No Brasil ela então teria se espalhado na zona canavieira do Nordeste, no interior Sudeste do país.

20. Lenda do Lobisomem

Lobisomem

Lobisomem é uma criatura que se transforma em lobo nas noites de lua cheia, e durante dia, possui características de um homem comum. Esta criatura é mundialmente conhecida e a origem desta lenda é europeia.

Está muito presente no folclore brasileiro e segundo a lenda um homem foi mordido por um lobo e ficou enfeitiçado. Por um castigo divino ele está condenado à essa transformação até o final de sua vida.

19. Lenda do Boitatá

Lenda do Boitatá

Mas um personagem do folclore brasileiro que é conhecido por ser um protetor das florestas. Segundo sua lenda, ele caracteriza-se por ser uma serpente de fogo, que protege os animais e as matas das pessoas.

Sua origem é indígena, e a palavra Boitatá, na língua Tupi-guarani, significa cobra (boi) de fogo (tata). Reza a lenda que se a pessoa olhar o Boitatá ela ficará cega.

18. Lenda do Boto Lenda do Boto 

 

Com sua origem indígena, esta lenda do folclore brasileiro surgiu na região da Amazônia, no Norte do Brasil. De acordo com a lenda, o boto cor-de-rosa, é um animal inteligente que se assemelha a um golfinho que vive nas águas amazónicas.

Nas noites de lua cheia este animal transforma-se num jovem belo e elegante. Ele costuma aparecer então nas festividades de Junho, nas comemorações dos Santos Populares.

17. Lenda da Cuca

Lenda da Cuca

Possuindo uma cabeça de jacaré e unhas imensas fazem dela dona de uma aparência e voz assustadora. Segunda a lenda ela rapta as crianças desobedientes e ela só dorme uma vez a cada sete anos.

Cuca tem sua origem no folclore galego-português baseada na criatura “coca” um fantasma ou dragão. Esta também assim como a Cuca é uma devoradora de crianças desobedientes.

16. Negrinho do Pastoreio

Negrinho do Pastoreio

É um personagem muito conhecido na região Sul do país. Surgindo no século XIX, é de origem africana e cristã. De acordo com a lenda, ele seria um escravo de estatura pequena que sofria muitos maus tratos de um fazendeiro.

Atualmente na região Sul do país acredita-se que se algum objeto desaparecer, o negrinho do pastoreio pode ajudar a encontra-lo. Basta apenas acender uma vela perto de um formigueiro.

15. Lenda da Iara

Lenda da Iara

Lenda da Mãe d’água como também é conhecida, esta trata-se de uma estória de origem indígena, oriunda da região amazónica. Ela é uma sereia que vive nas águas amazônicas.

Caracteriza-se por possuir cabelos pretos longos e olhos castanhos, ela emite uma melodia que atrai os homens, estes ficam rendidos e hipnotizados com seu canto e sua voz. Do indígena Iuara, significa “aquela que mora nas águas”.

14. Mãe de Ouro Mãe-de-Ouro-lenda

 

Apesar de não ser muito conhecida no Brasil, a lenda é muito popular nas regiões interioranas do Sudeste, Centro-oeste e Nordeste do país. Ela é uma mulher que possui cabelos longos e dourados e sempre está com um vestido branco.

 

 

Reza a lenda que ela possui a forma de uma grande bola de fogo que tem a habilidade de se transformar numa bela mulher.

13. Lenda do Bicho-papão

Lenda do Bicho-papão

Não só é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro, como é também um dos mais conhecidos na cultura popular infantil. Tido como um “monstro” está sempre presente na maioria das estórias orais em todo mundo, bem como em todas as regiões do Brasil.

Dono de uma aparência assustadora, aparece no quarto das crianças desobedientes. Ficando então embaixo da cama, atrás da porta, ou dentro do armário.

12. Lenda da Vitória-Régia

Lenda da Vitória-Régia

A lenda da vitória-régia é uma lenda que pertence à cultura da região Norte do país, pois foi lá que surgiu. Esta lenda explica a origem da planta aquática que é o símbolo da Amazônia.

De acordo com a lenda indígena e amazónica, a planta era uma índia que se afogou após inclinar no rio para tentar beijar o reflexo da lua. A lua seria Jaci, por quem a índia estava apaixonada. Jaci então transformou-a em uma planta aquática.

11. Lenda do Caipora

Lenda do Caipora

Também protetor dos animais e das florestas, esta figura do folclore brasileiro é representado tanto como um homem como uma mulher. Isso então dependendo da região onde a lenda é contada.

Tendo origem indígena Tupi-guarani, a palavra “caipora” significa “habitante do mato”. Ela assusta os caçadores de animais soltando uivos e gritos, e segundo a lenda nos dias santos e finais de semana são dias em que sua força é maior.

10. Lenda do Papa-Figo

Lenda do Papa-Figo

A lenda do Papa-figo é popularmente conhecida por todas as regiões do país. Principalmente nas zonas rurais. Ela é contada por pais aos seus filhos para evitar que eles falem com estranhos.

Esta lenda teria provavelmente surgido no Brasil em meados do século XX devido ao surto da Doença de Chagas que houve na região Nordeste brasileira.

9. Lenda da Cobra Grande

Lenda da Cobra GrandePopularmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, esta lenda já inspirou a criação de muitas músicas, poemas e filmes. De acordo com a lenda, trata-se de uma cobra gigante que habita as profundezas dos rios e dos lagos.

Também de origem indígena e teria surgido na região amazónica. É muito conhecida por pessoas que moram nas proximidades dos rios.

8. Lenda da Mandioca

Lenda da Mandioca

A lenda explica a origem dessa raiz nutritiva que é fundamental para alimentação dos índios. Reza a lenda que a planta seria uma menina que morreu e foi enterrada. Depois de enterrada teria sido regada com água e lágrimas dos seus pais.

No local de sua sepultura teria nascido então a planta que a mãe da menina deu o nome de Maniva em homenagem a filha.

7. Lenda do Bradador

Lenda do Bradador

Esta é uma alma penada que habita nos campos na região Centro-sul do país. Segundo a lenda Bradador foi enterrado, mas não pagou todos os seus pecados, e como consequência teria então sido devolvido pela terra.

Todas as sextas-feiras, depois da meia-noite, o seu espírito sai vagando pelos matos.

6. Lenda Jurupari

Lenda Jurupari

Entre os índios da região amazônica, este mito é bastante comum, que o caracterizam como um demónio ou legislador. Muitas tribos usam esse mito de Jurupari para rituais de iniciação masculina.

O significado de Jurupari varia conforme o grupo linguístico dos indígenas. Então Jurupari pode ser “boca; tirar da boca” como “aquele que vem nossa rede” fazendo referência aos pesadelos que provocava.

5. Lenda do Acutipupu

Lenda do AcutipupuVivendo na Serra do Japó, Acutipupu seria então uma criatura que era tanto mulher como homem. Diz a lenda que quando estava na forma de uma mulher dava à luz as crias mas lindas que as estrelas.

Quando estava como homem as mulheres com quem tinha relações os filhos seriam fortes e valentes.

4. Lenda do Ahó Ahó

Lenda do Ahó Ahó

Diz a lenda que Ahó Ahó era um monstro que devorava pessoas e lenda teria sido contada por padres jesuítas durante o tempo das missões entre os índios guaranis. Ele tinha a aparência que lembrava uma ovelha, mas há fontes que o descrevem como um grande cachorro peludo que exalava fumaça pela boca.

3. Alamoa

Alamoa Conhecida por seduzir marinheiros e pescadores nas praias de Fernando de Noronha, esta é mais uma das mulheres do folclore que perseguem os homens. “Alamoa” é uma corruptela do feminino da palavra “alemão”.

Estudos afirmam que a história teria chegado a região com as invasões dos holandeses, mas há ausência documentos sobre isso.

2. Lenda do Guaraná

Lenda do Guaraná

Tendo originado na região Norte do Brasil, esta lenda é bastante popular. Segundo a lenda, o fruto originário da Amazônia, seria originalmente os olhos de um índio que teria sido picado por uma cobra quando estava apanhando frutos na mata.

1. Lenda de Barba Ruiva

Lenda de Barba RuivaTrata-se de um homem encantado que tem a habilidade de se transformar em um menino, jovem e velho ao longo do dia. De acordo com a lenda ele habita na lagoa de Parnaguá, no Piauí. Abandonado por sua mãe quando ainda bebé, tenta se aproximar de moças na esperança que uma delas quebre o feitiço.

COMPARTILHAR