6 obras de João Guimarães Rosa

Escritor, diplomata, novelista, romancista, contista e médico brasileiro, João Guimarães Rosa é considerado por muitos como o maior escritor brasileiro do século XX. Os contos e romances por ele escritos, quase todos giram em torno da vida do Sertão. Confira as 6 principais obras de Guimarães Rosa.

6. Magma

magma-guirmaraes-rosa

 

Escrito por Guimarães Rosa em 1936, este foi a primeira obra do escritor brasileiro. A obra foi premiada pela Academia Brasileira de Letras. Apesar desse grande feito. Rosa recusou completamente sua primeira obra, alegando para si, para outros, que ela era por demais fraca.

Este então foi o único livro de poesia escrito por Guimarães Rosa. Só depois da morte do escritor brasileiro, é que a obra veio ao público.

5. Sagarana

magama-guimaraes-rosa

Publicado em 1946, a obra ficou em segundo lugar no concurso Humberto Campos em 1938. Sendo um livro regionalista universalista suas histórias tem como foco o sertão de Minas Gerais, num contexto de questões existenciais universais.

O título da obra é um hibridismo “Saga”, radical de origem germânica que significa “canto heroico”, “lenda”, e “rana”, palavra de origem tupi que significa “que exprime semelhança”. Então Sagarana significa algo como “próximo a uma saga”. A obra possui nove contos:

  1. O burrinho Pedrês
  2. A volta do marido Prodígio
  3. Sarapalha
  4. O Duelo
  5. Minha Gente
  6. São Marco
  7. Corpo Fechado
  8. Conversa de Bois
  9. A Hora e Vez de Augusto Matraga

4. Com o Vaqueiro Mariano

com-vaqueiro-mariano-guimaraes-rosa

Lançado em 1952, nesta obra o narrador relata os dias que acompanhava o Vaqueiro Mariano na labuta diária com o gado no pantanal mato-grossense. O primeiro capítulo é sobre a condução da boiada, o segundo capítulo relata o amanhecer na fazenda.

O terceiro e último capítulo o narrador conta uma das viagens do Vaqueiro Mariano que leva a boiada para um novo destino.

3. Primeiras Estórias

primeiras-estórias-guimaraes-rosa

Fazendo parte do terceiro tempo do Modernismo brasileiro, este livro foi publicado em 1962. Contem 21 estórias, que são narrativas que tem como preocupação de tematizar os segredos da existência humana.

É o primeiro conjunto de histórias formadas para seguir a linha do conto tradicional, daí o “Primeiras” do título. O termo estória, que foi emprestado do inglês, em contradição ao termo história, designando algo mais próximo da invenção, ficção. Na obra há a intenção de apresentar fábulas para as crianças do futuro.

2. Campo Geral

guimarães-rosa

A obra lançada em 1964 traduz a habilidade de Guimarães Rosa em recriar o mundo captado pela perspectiva de uma criança. A infância aparece com frequência em textos do escritor, sempre ligada à magia de um mundo em que a sensibilidade, a emoção e o poder das palavras compõem um universo próximo ao dos poetas e dos loucos.

O romance se passa no leste de Minas Gerais, mais precisamente em Mutum, lugar cercado por relevo relativamente alto, o que faz dele um lugar isolado do resto do mundo. A história gira em torno de um garoto chamado Miguilim, que inicia quando é crismado até a perda de sua inocência, e a caminhada de sua vida junto com seu irmão Dito.

1. Noites do Sertão

noites-sertão-guimaraes-rosa

Composta por duas novelas: Dão-Lalalão e Buriti, que tem em comum a sensualidade se sobrepondo a convenções e preconceitos e dominando totalmente homem e a mulher. Lançado em 1956, a primeira novela é sobre um vaqueiro valentão que é responsável por muitas mortes, mas se apaixona por Doralda.

Ele então tira ela do bordel para fazer dela sua esposa, com o passar dos anos, passa ter cada vez mais o medo de descobrirem o passado de sua esposa. A segunda novela conta a história de quatro pessoas que vivem em uma fazenda. Eles vivem num clima de extrema sensualidade que os envolvem pouco a pouco e provoca aproximações inesperadas.

 

 

COMPARTILHAR