9 obras de Cecília Meireles que precisas conhecer

Professora, jornalista, e pintora brasileira, Cecília Meireles, foi a primeira mulher brasileira de grande expressão na literatura brasileira. Tida como uma das mais importantes poetisas do Brasil. Ela destacou-se na segunda fase do modernismo brasileiro, fazendo parte do grupo de poetas que consolidaram a “Poesia de 30”.

9. Espectros

Espectros

Este foi o primeiro livro da autora brasileira e foi publicado em 1919. A obra contem 17 sonetos históricos rimados, em decassílabos ou alexandrinos, e que, em sua maioria, evocam celebridades da história universal e da religião católica.

Muitos pensavam que esta obra não passava de uma lenda. Mas com a publicação de um artigo no jornal O Imparcial sobre a obra, confirmou-se que não se tratava-se de uma lenda.

8. Viagem

Viagem-cicilia-meireles

Lançado em 1937, é tida como a primeira obra em que Cecília Meireles levou a sério. Neste projeto a autora procurava por uma “poesia de qualidade”, com base no modernismo brasileiro. Foi criticada por muitos autores, mas também foi elogiada por sua capacidade criadora.

Composto por 99 poemas, 13 deles são epigramas (poema curto, e caraterizado por ser mordaz, picante ou satírico). Os temas dos poemas são o amor, a felicidade, a morte, e o próprio fazer poético.

7. Romanceiro da Inconfidência

Romanceiro-da-Inconfidência

Romanceiro da Inconfidência foi inspirado numa visita da escritora a Ouro Preto. Cecília Meireles compôs esse poema de temática social, que evoca a luta pela liberdade no Brasil do século XVIII.

A obra incorpora elementos dramáticos, épicos e líricos e conta com uma coleção de poesias ou canções de caráter popular. O livro possui 85 romances, além de outros poemas, como os que retratam os cenários.

6. Metal Rosicler

Metal-Rosicler

Com um título curioso, este nome foi descoberto pela escritora em um tratado da época colonial escrito por um padre naturalista sobre química rudimentar. Nas mãos de Cecília, a expressão é transmutada, ganhando beleza e magia na sua alquimia de tecer versos.

Publicado em 1960, a obra contem 52 poemas repletos de sensibilidade, ritmo e harmonia.

5. Canções

Canções´

Tendo sido sua primeira edição lançada em 1956, esta obra vem trazer aos jovens leitores e também as fãs da autora, poemas que exploram uma de suas formas poéticas preferidas: as canções.

O livro possui diversos poemas, com uma linguagem acessível e coloquial, e mostra toda a influência da literatura portuguesa na vida da escritora, desde sua infância. Com seus versos simples contemplam o efêmero, a consciência humana sobre a brevidade da vida e sonhos.

Autora também dialoga ao mesmo tempo com a tradição e com a modernidade, utilizando da quadra em metro curto de diversos corpus temáticos, abordando principalmente o conhecimento do eu, do outro e do mundo.

4. Poemas Escritos na Índia

Poemas-Escritos-na-Índia

Os versos presentes nesta obra representam um dos pontos mais sublimes da obra poética de Cecília Meireles. O livro é uma profusão de experiências vivenciadas pela autora em sua viagem à Índia em 1953.

O mosaico cultural daquele pais é o fio condutor dos poemas, com ele a escritora tece com limpidez e delicadeza a poesia que transborda esta obra. O livro foi lançado pela primeira vez em 1961, no Rio de Janeiro.

3. Solombra

Solombra

Solombra foi publicado em 1963 e foi o último livro publicado em vida, por Cecília Meireles. A obra é uma “parte” que possui “todo” o universo poético da autora. Nos mostra, os mesmos questionamentos universais, as mesmas inquietações presentes em todas as obras da poeta.

Nele não há limitação geográfica ou temporal, “tudo é no espaço – desprendido de lugares” e “tudo é no tempo – separado de ponteiros”.

2. Ou Isto ou Aquilo

Ou-isto-ou-aquilo

Publicada em 1964, a obra nos mostra que a vida é feita de escolhas e estas muitas vezes são difíceis de resolver. E o dia-a-dia é marcado pela dúvida e pela dificuldade de decisão, e tudo isso então é poetizado.

Os poemas do livro usam recursos de aliteração, assonância, paronomásia, alternâncias vocálicas e outras figuras fónicas.

1. Escolha o seu Sonho

Escolha-o-seu-Sonho

Com 45 crônicas em sua forma única em nossa literatura. Cecília Meireles aborda, em textos curtos, elementos e acontecimentos que partem de um cotidiano rotineiro e criam asas, vidas e cores. Da vida real, saltam para o universo mágico e para o terreno dos sonhos.

Fazendo o leitor viajar através de pensamentos, a escrita delicada e fluida da autora é capaz de nos transportar para outra dimensão.

COMPARTILHAR