Top 10 curiosidades sobre a Área 51

Durante décadas, a base militar dos Estados Unidos da América foi um dos segredos mais bem guardados do planeta. Conhecida como Área 51 pelos teóricos de conspirações de óvnis, é um lugar que por muito tempo sua existência foi negada pelo governo dos EUA. Para além dos mitos e lendas sobre a base, a verdade é que ela de fato existe e está bem ativa. Em 2013 se levantou um pouco a cortina sobre o que realmente acontece ali, quando foram obtidos documentos desclassificados que fazem referências ao uso da base para desenvolvimento e uso das aeronaves de vigilância.

10. Onde está localizada?

área 51
gettyimages

A área 51 está localizada na parte sul de Nevada, no oeste dos EUA, a 161 km do noroeste de Las Vegas, situado no seu centro, na margem sul do lago Groom. Em 1973, os astronautas da Skylab fotografaram inadvertidamente o aeródromo. No entanto, de acordo com os documentos desclassificados, a CIA conseguiu censurar a imagem e evitou que ela fosse vista pelo público. Mas em 2000, as fotografias tiradas por uma sonda orbital soviética foram obtidas e publicadas pela Federação dos Cientistas Americanos (FAS).

9. As origens do mistério em torno da base

O início da Área 51 está diretamente relacionado ao desenvolvimento da aeronave de reconhecimento U-2. Após a segunda Guerra Mundial, a União Soviética abaixou a cortina de ferro em torno de si e do resto do bloco oriental, criando um apagão de inteligência próxima ao resto do mundo. Os EUA preocupados com a tecnologia, intenções e capacidade da URSS para lançar um ataque supressa.

No início da década de 1950, a Marinha dos Estados Unidos e a Força Aérea enviaram aeronaves de baixa altitude em missões de reconhecimento na URSS, mas eles estavam em constante risco de serem derrubados. Em novembro de 1954, o presidente Eisenhower aprovou o desenvolvimento secreto de um avião de reconhecimento de alta altitude, chamado U-2. Uma das primeiras ordens foi rastrear uma localização remota e secreta para treinar e testar. Eles encontraram-no no deserto do sul de Nevada (EUA), perto de um salar conhecido como lago Groom, conhecido no mapa como Área 51, este local no meio do nada tornou-se então a nova base militar secreta.

8. A criação do mito sobre a base

O teste de U-2 começou em julho de 1955, e relatórios imediatos vieram fazendo referências sobre avistamentos de objetos voadores não identificados. Muitos desses avistamentos foram observados por pilotos de linhas aéreas comerciais que nunca viram uma aeronave voar em altitudes tão elevadas quanto a U-2.

Considerando que os aviões de hoje podem subir tão alto quanto 45 mil pés, em meados das década de 1950 as companhias aéreas voavam em altitudes entre 10 mil a 20 mil pés. Aeronaves militares conhecidas poderiam chegar a 40 mil pés, e alguns acreditavam que o voo tripulado não poderia ir mais alto do que isso. O U-2 que voava em altitudes de mais de 60 mil pés, teria parecido completamente estranho.

7. A origem do nome Área 51

A teoria mais popular, veio da antiga Comissão de Energia Atômica (AEC), a agencia pós-Segunda Guerra Mundial que operava o Nevada Test Site (NTS). Foi aí que as armas nucleares foram detonadas nos dias antes de os tratados proibirem esses testes. O NTS é mapeado como grade de quadrado de 1 a 30. A área 51 não faz parte da grade, mas limita uma seção chamada Área 15. Alguns dizem que foi invertido ou 51 foi escolhido porque NTS não ia provavelmente expandir sua grade até ali.

6. O acesso à base é extremamente restrito

área 51 acesso restrito

A localização remota ajuda a manter as atividades figurativamente sob o radar, assim como a proximidade do local onde fica a base. Para ter acesso, você precisa de uma autorização de segurança superior, bem como um convite dos mais altos níveis da comunidade militar ou inteligência. Todos aqueles que trabalham na Área 51, seja militar ou civil, devem assinar um juramento concordando em manter tudo em segredo.

5. O espaço aéreo acima da Área 51 também é restrito

O espaço aéreo acima da base é conhecido como R-4808N e é restrito a todos voos comerciais e militares não originários da própria base. Considera-se que a Área 51 faz parte da Base da Força Aérea de Edwards na Califórnia ou da Gama da Força Aérea de Nellis em Nevada (EUA), mesmo que os pilotos dessas bases estejam proibidos de voar no espaço aéreo da Área 51. Na verdade, os pilotos que voam para uma das zonas tampão que cercam o R-4808N enfrentam punições de seus comandantes. Sempre que um piloto voa através de uma zona tampão, o exercício de treino termina imediatamente e o piloto é ordenado de volta à base. Voar sobre R-4808N é uma ofensa muito grave, e os pilotos podem enfrentar uma corte marcial, e um tempo na prisão como resultado.

4. As supostas naves alienígenas existente na base

Em 1989, um homem chamado Robert Lazar chocou o mundo quando ele foi na televisão alegando ter sido parte de uma operação militar que trabalhou em tecnologia alienígena. Lazar disse que o governo possuía no mínimo nove espaçonaves alienígenas em uma base chamada S-4. Lazar disse que foi contratado para ajudar na engenharia reversa da tecnologia na nave alienígena para uso em veículos militares dos EUA e produção de energia. Ele descobriu uma substância enferrujada e pesada que ele chamou de “Elemento 115” que alimentava a nave espacial. As declarações de Lazar inspiraram uma explosão de interesse nos óvnis e na Área 51.

3. Há uma outra teoria de conspiração sobre a base que não envolve alienígenas

Apesar de muitas das teorias de conspirações relativas a Área 51 envolverem pequenos homens verdes. Alguns giram em torno de uma organização sombria dedicada a promover a Nova Ordem Mundial. Uma afirmação comum as declarações de Lazar e outras teorias dos entusiastas de óvnis é a de existir uma organização secreta conhecida com MJ-12, as vezes chamada Mijesctic ou Majic 12. Este grupo incluiu originalmente uma dúzia de indivíduos extremamente poderosos como o ex-presidente dos EUA Harry S Truman, os chefes de organizações como CIA e empresários poderosos.

2. Já foi apelidado de paraíso no deserto

Durante o apogeu da Área 51 com um local para teste para U-2, o técnico militar e engenheiro Kelly Johnson surgiu com uma série de propaganda para convencer os trabalhadores do governo e suas famílias a se mudaram para o meio do deserto, de acordo como a revista “TIME”. Ele apelidou o lugar de “Paradise Ranch”, o que em português significa paraíso no deserto.

1. Mais mistérios

área 51 mistério

Em 2016, as imagens do Google Earth revelaram uma pista de pouso misteriosa a 1,6 km na área 6 do local de teste Yucca Flat, a cerca de 19 km a nordeste da área 51. Um punhado de hangares se agrupam em uma extremidade da pista. Não se sabe nada sobre o que está sendo testado na pista de pouso, mas o Departamento de Defesa e Departamento de Segurança Interna dos EUA usam o local.

 

COMPARTILHAR