Top 10 vulcões mais ativos do mundo

Existem cerca de 1500 vulcões potencialmente ativos em todo o mundo, além do cinturão contínuo de vulcões no fundo do oceano. Aproximadamente 500 destes surgiram no tempo histórico. Muitos deles estão localizados ao longo da Orla do Pacífico, no que é conhecido como o “Anel de Fogo”.  Confira então os 10 vulcões mais ativos do mundo.

10. Grimsvotn – Islândia

Grimsvotn - Islândia
volcano.si.edu

Possuindo a mais alta frequência de erupção de todos os vulcões da Islândia, este vulcão tem um sistema de fissuras de tendência sudoeste-nordeste. As erupções na caldeira deste vulcão causam grandes explosões glaciais. Tendo sido registadas erupções desde 1996, 1998, e a última de 2011, que foi extremamente violenta.

Começando com 12 km de plumas altas acompanhadas por vários terramotos. A nuvem de cinzas da erupção subiu até 20 km e é a erupção mais forte dos ultimas 100 anos. O que resultou no cancelamento de 900 voos em Islândia e no Reino Unido, na Groenlândia, na Alemanha, na Irlanda e na Noruega.

9. Monte Manaro – Vanuatu

Monte Manaro - Vanuatu-vulcão
dailypost.vu

Situado na ilha de Ambae, em Vanuatu, o vulcão Monte Manaro é um dos vulcões mais perigosamente ativos do mundo. Sua última erupção registrada foi em 2017. Anteriormente, até 5.000 pessoas que viviam perto do vulcão tiveram que ser evacuadas por medidas de segurança. As histórias do vulcão inclui erupções de 1966, 2005 e 2016.

No geral uma nova atividade pode acontecer em qualquer momento em qualquer lugar em Ambae, mas com maior probabilidade na zona do rift, uma longa região de 2 km que percorre toda extensão da ilha, e contém a cúpula.

8. Vulcão de Colima – México

Vulcão de Colima - México
wikipedia.org

Conhecido também como o vulcão do fogo, faz parte do complexo de Colima, que fica localizado no México. Tendo entrado em erupção mais de 40 vezes desde 1576, sendo uma das maiores erupções foi em 1913. Nos últimos anos tem havido frequentes evacuações temporárias de moradores da região devido a ameaça de atividade vulcânica.

Desde 1991 tem havido erupções frequentes, sendo há de 2005 a maior, uma vez que as nuvens subiram mais de 3 km sobre o vulcão. E o monitoramento por satélite mostrou que as nuvem se espalhou por uma área de 200 milhas ao oeste do vulcão.  A última erupção foi em janeiro de 2017, onde o vulcão cuspiu cinzas vulcânicas de até 4 km acima da cratera.

7. Monte Cleveland – Alasca (EUA)

Monte Cleveland -vulcão-ativo
wikipedia.org

Tendo entrado em erupção pelo menos 22 vezes nos últimos 230 anos. Pouco se sabe sobre a história eruptiva de Cleveland, visto que seu afastamento torna difícil a investigação e o Observatório de Vulcão do Alasca depende muito de satélites para o monitoramento. Uma erupção de 1944 produziu a única fatalidade vulcânica conhecida do Ártico.

Este vulcão pode ter surgido em 1744 e a primeira erupção confirmada ocorreu em 1828. O Monte Cleveland entrou em erupção três vezes em 2009, duas em 2010, uma em 2011 e as últimas foram em 2016 e 2017.

6. Estrômboli – Itália

Estrômboli - Itália-vulcão
wikipedia.rg

Localizado na Itália, o Estrômboli é um dos vulcões mais ativos da terra. Tendo estado em erupção quase continuamente desde 1932. Este vulcão tem estado ativo a maior parte do tempo nos últimos 2.000 anos e pode ser vista de muito longe a noite.

A atividade de Estrômboli já vem sido registrado por historiadores por mais de 1.000 anos, que variam de leve dê gaseificação a fluxos de lavas a violentas erupções explosivas. Há registos de 1907, que mostram uma forte explosão, que foi suficiente para quebrar janelas nas aldeias. A última erupção foi em abril de 2018, onde houve uma série de explosões que geraram uma densa cinza.

5. Piton de la Fournaise – Oceano Índico

Piton de la Fournaise-vulcão
https://www.reunion.fr

Este é um vulcão que fica localizado na parte oriental da ilha da Reunião no Oceano Índico. Conhecido por estar constantemente em atividade, suas erupções são do tipo havaiano – que se caracteriza pela lava basáltica fluida com fonte de fogo na abertura. Ela é um dos vulcões mais ativos do mundo, com mais de 15 erupções registradas desde século XVII.

Suas erupções não causam muito estrago, pois sua caldeira é desabitada. As lavas no geral são confinadas a caldeira. A erupção mais recente ocorreu em abril de 2018, foi tão forte que podia ser visto por satélite. A erupção causou deslizamento de terra e fumarolas.

4. Etna – Itália

Etna - Itália-vulcão
wikpedia.org

Ficando na Itália, Etna é o vulcão mais ativo da Europa. Entre 1669 e 1900, mas de 26 erupções foram relatadas. A erupção 1852/53 devastou grandes áreas e quase destruiu a cidade de Zafferana. Durante o século XX, de 1908 a 1971 houve 14 erupções, sendo a de 1971 ameaçou várias aldeias e com seu fluxo de lava, que destruiu alguns pomares e vinhas.

Atividades estas que foram quase contínuas nas décadas seguintes, em 1983 durou quatro meses e levou as autoridades a explodir dinamite em uma tentativa de desviar os fluxos de lava. Ocorreram outras em 1986 e 1999.  Em 2001 houve uma forte erupção, depois em 2002 e 2003, 2007, 2015 e a última erupção foi em 2017.

3. Monte Sinabung

Monte Sinabung-vulcão
wikipedia.org

Este é um vulcão Pleistoceno-Holoceno, que fica localizado em uma área relativamente fria em um planalto com montanhas que limita ao norte. Sua cratera do topo tem uma forma complexa.

Entrou em erupção após um hiato de séculos em agosto de 2010 e tem estado em erupção desde setembro de 2013. Uma grande erupção ocorreu em fevereiro de 2018, produzindo uma coluna de erupção muito alta.

2. Mayon – Filipinas

Mayon - Filipinas-vulcão
www.europapress.es/

Mayon é um vulcão que fica localizado na província de Albay, na região de Bicol, na grande ilha de Luzón, nas Filipinas. Possuindo um corne perfeito devido a sua cónica simétrica, é o vulcão mas ativo das Filipinas, tendo ocorrido mais de 47 erupções nos últimos 500 anos. A primeira a que se tem registro foi no dia 20 de julho de 1766.

A erupção mais violenta ocorreu em 1814, onde a lava fluiu menos do que a erupção de 1766, mas o vulcão arrotou cinzas escuras e eventualmente bombardeou a cidade de Cagsawa com pedras vulcânicas que a enterrou. E 1.200 habitantes morreram na erupção mais letal da história de Mayon. Nestas duas últimas décadas o vulcão tem estado quase sempre ativo, sendo a última erupção ocorreu em março de 2018.

1. Kilauea – Havaí

Kilauea - Havaí-vulcão
gigantesdomundo.blogspot.com

Kilauea também chamado Monte Kilauea é a massa vulcânica mais ativa do mundo e fica localizado na parte sudeste da ilha de Havaí. A cúpula de 1.290 metros do vulcão entrou em colapso para formar uma caldeira, uma depressão rasa e ampla com quase 5 km de comprimento e 3,2 km de largura com uma área de mais de 10 km.

As encostas de Kilauea se fundem com as do vulcão Mauna Loa, que fica nas proximidades.  As frequentes erupções de Kilauea geralmente não são explosivas. No entanto, em 1970, uma explosão de vapor paroxística matou parte de um exército havaiano que marchava perto da caldeira.

Em 1955 houve uma das mais violentas erupções da história da ilha, e em 1975 houve uma quase semelhante, mas esta foi seguida por um tsunami destrutivo. Em 2018 houve uma série de erupções que abriu fissuras na fenda leste que atravessou bairros residenciais, liberando lava e nuvens de dióxido de enxofre.

COMPARTILHAR